Grande Chip

  

   Mais uma vez a temporada começa com vitoria pra Chip Ganassi. A equipe dominou as 24 horas de Daytona, e fez a dobradinha.
   O carro pilotado por Scott Pruett, Graham Rahal, Memo Rojas e Joey Hand cruzou a linha de chegada na frente, mais ou menos dois segundo atras veio o carro pilotado por Scott Dixon, Juan Pablo Montoya, Dário Franchitti e Jammie McMurray. A Action Express, vencedora em 2010 chegou em terceiro com João Barbosa, J.C. France, Terry Bocheller, Maxi Papis e Christian Fittipaldi. United Autosports ficou em quarto com Mark Blandell, Martin Brandle, Zac Brown e Mark patterson, em quinto fechou a equipe Sun Trust com Max Angelelli, Ryan Briscoe, Rick e Wayne Taylor.
   Foi uma grande participação dos brasileiros, ainda mais no estado letargico em que se encontra o automobilismo brasileiro.
   No dia 20 de fevereiro, Jammie McMurray volta a Daytona para defender seu titulo nas 500 milhas, em maio será a vez de Franchitti ir em busca de sua terceira vitória na Indy 500, e igualar a marca de Castroneves como maior vencedor não norte-americano. O que fica claro, é que 2011 será mais um grande ano para Chip ganassi. Na Indy, a unica equipe que faz frente à Chip Ganassi é a Penske, já na nascar a coisa muda de figura, além de Penske, a equipe de Chip Ganassi e Thereza Earnhardt tem que deixar pra tras Joe Gibbs, Hendrick, Roush, Stewart-Haas e Richard Petty, e eventualmente algumas outras que costumam aparecer bem durante a temporada.
   De qualquer modo, o ano começa com vitória, e mais importante que isso, uma vitória com a marca de Chip Ganassi. O show começou.

Bad Boy

   Não se engane com essa com essa imagem, Kurt Busch é mau, Jeff Gordon, Tony Stewart e seu irmãozinho Kyle Busch que o digam. Na verdade na maioria das vezes a coisa acontece como naquela musica do Matanza, “é impressionante como nunca faço nada, é sempre a confusão que vem até aqui”. E quem procura confusão com ele, certamente encontra, um pequeno toque na traseira de seu carro é o suficiente para que você acabe no muro, como Jeff Gordon em Martinsville, as vezes a briga e com outros bad boys como ele, Tony Stweart por exemplo, em 2008, os dois tansformaram o Daytona International Speedway no Coliseu.
   Campeão em 2004, no primeiro ano do chase, apesar de não atrair tanta atenção da midia como seu irmão mais novo, Kurt é um dos maiores pilotos do mundo atualmente, um dos melhores na Nascar e é a aposta de Roger Penske para levar para a equipe de Moorsville o inedito titulo da Sprint Cup.
   Kurt tem minha tocida desde 2006, quando chegou na Penske, e terá enquanto estiver por lá.


Todos os olhares

   Rick Hendrick mandou avisar que em 2011 irá colocar seus carros nas quatros primeiras posições do campeonato. Competência não falta na Hendrick Motorsports, talento também não, mas talento e competência não bastam? Pelo que vimos em 2010, não.
   A equipe Hendrick venceu os últimos cinco campeonatos, porém todos com o #48, e Jimmie Johnson. Em 2010, apenas J.J. venceu corridas, dois pilotos se classificaram para o chase, em 2009 foram três, ai você me pergunta: Por que a foto do Junior? E eu respondo, a temporada 2011 já começa com todos os olhares voltados pra ele.
   Dale Jr. teve o pior desempenho da equipe nas duas ultimas temporadas. Em seu ano de estreia foi o 12º colocado, nos anos seguintes sequer se classificou para o chase. Dale é hoje o piloto mais popular da Nascar, e sem dúvida o que tem o maior retorno. De fato não se pode esperar que ele seja como o pai, mas também não dá pra dizer que ele não tem capacidade, ou que não tem uma equipe à altura.
  Creio que o que falta é um pouco mais de foco, deixar os negocios de lado um pouco, esquecer um pouco do marketing, e se concentrar exclusivamente na disputa da Sprint Cup.

Inesquecível Newman



   Muita gente só se lembra de seus idolos, que já não estão mais entre nós, no dia de sua morte. Sempre achei isso muito estúpido, porque o que é mais importante? o dia em que chegamos nesse mundo ou o dia em que partimos? acredito que seja o dia da chegada.
   No dia 26 de janeiro de 1925, em Shaker Heights, Ohio, nasceu Paul Leonard Newman, ator, piloto, dono de equipe, humanitario.
  Paul Newman foi sem dúvida alguma um dos maiores atores da historia. Foi indicado ao Oscar oito vezes, venceu pelo filme “A cor do dinheiro” de Martin Scorcese, entre outras inúmeras premiações por suas atuações.
   Fundou  em 1982, junto com o escritor A.E. Hotchner, a Newman’s Own, uma marca de alimentos, cujos lucros, após impostos, são destinados à caridade. Fundou o Hole in the wall gang camp, em Ashford, Connecticut, um acampamento para crianças doentes, que ganhou o nome do bando de Butch Cassidy, e se espalhou por varios lugares dos EUA e do mundo, atendendo anualmente 13 mil crianças gratuitamente.
   Após a morte de seu filho, Scott Newman, em 1977, por overdose, Paul Newman fundou em sua memória, o Scott Newman center, para prevenção do uso de drogas.
  Foi casado duas vezes, com Jackie Witte, entre 1949 e 1958, e com Joanne Woodward de 1958 até sua morte em 2008. No primeiro casamento teve três filhos, Scott, Susan Kendall e Stephanie, do segundo casamento nasceram Elinor “Nell” Teresa, Melissa “Lissy” Stewart e Claire “Clea” Oliva.
   Por sua oposição à guerra do Vietnã, foi colocado em 19º lugar na lista dos maiores inimigos de Nixon, o que ele dizia ser sua maior realização.
  Apesar de todos os grandes filmes e atuações impecáveis, o que me fez virar fã de Paul Newman, foi o mesmo que me fez fã de Roger Penske, Chip Ganassi, Rick Hendrick entre outros, sua equipe de automobilismo. Fundou junto com Carl Haas a Newman-Haas, equipe que venceu a Indy (não me importa se a IRL não reconhece isto) 8 vezes, teve também um carro na Nascar, que foi vendido à Penske Racing, o que hoje é o #12. Correu pelo Sports Car Club of America (SCCA), Correu varias vezes as 24 horas de Daytona, vencendo a prova em 1995 aos 70 anos e 8 dias, sendo o piloto mais velho a vencer a prova, sua última participação foi em 2005 aos 80 anos. Participou também das 24 horas de Le mans e Trans-Am Series. Em 21 de fevereiro de 2009 foi introduzido no Hall da fama da SCCP, na convenção nacional, em Las Vegas. Nas filmagens de Winning de 1969, dispensou dublê e pilotou o carro durante as filmagens no Indianapolis Motor Speedway.
   Por tudo isso, onde quer que esteja, Feliz aniversário Paul.